DestaqueEstudos Biblicos

A visão do vale na sua vida

A história do Vale de Ossos Secos na vida do profeta Ezequiel é uma visão espiritual muito aprofundada, que vigora em nossas vidas até os dias de hoje.

O livro começa com o profeta prostrado depois de uma intimidade com Deus. No começo livro de Ezequiel, o senhor dá uma ordem ao seu servo.

E disse-me: Filho do homem, põe-te em pé, e falarei contigo.
Ezequiel 2:1

Perceba que o profeta está abaixando e o Senhor ordena que ele se coloque na posição de profeta para profetizar. Em outras palavras, Deus disse a Ezequiel que só iria falar com ele depois que ele Se colocasse na posição. Aqui percebemos que até para pregar sobre o pecado de alguém precisa estar com a vida reta Aos olhos do Senhor. Assim como foi com Jonas ao ser ordenado a pregar em Nínive.

 

Depois que o profeta se colocou na posição que o senhor ordenará para profetizar, você vai perceber que durante todo o percurso o senhor fala na boca do Profeta. E no Capítulo de número 36 Você nota que Deus levou o profeta para o monte para que ele profetize sobre os montes de Israel (E tu, ó filho do homem, profetiza aos montes de Israel, e dize: Montes de Israel, ouvi a palavra do SENHOR. Ezequiel 36:1).

 

E Aqui começa uma analogia pouco percebida, mas de fundo conhecimento para uma vida saudável com Deus e perseverança no dia da adversidade. Ou seja: Deus leva o profeta para o monte e faz profetizar. Os que profetiza a visão muda, E é nos Capítulos posteriores e percebemos que Deus para de falar no monte e leva o profeta para o Vale.
Muitas são as vezes em que Deus nos promete pensões no monte mas para nos conceder, Deus nos joga no vale. É no vale que o milagre acontece.

 

Deus promete no monte, mas ele cumpre no vale.

Veio sobre mim a mão do SENHOR, e ele me fez sair no Espírito do SENHOR, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos.
Ezequiel 37:1

Logo no começo do capítulo percebemos que o profeta foi levado aonde se Deus desejou, logo, podemos perceber que a vida de um profeta não se baseia no que ele quer ou não fazer, e onde ele quer ou não ir. Deus não pediu permissão, não comentou e muito menos avisou ao profeta Ezequiel onde o estava levando, Deus simplesmente o conduziu até o vale. Uma coisa é de ser Profeta para pregar em grandes igrejas e grandes eventos, viajar a vários Estados ou fora do país. Outra coisa é ir para o Vale.

E me fez passar em volta deles; e eis que eram mui numerosos sobre a face do vale, e eis que estavam sequíssimos. Ezequiel 37:2

O vale representava a vida espiritual da Nação de Israel. E quando o profeta observou a quantidade de ossos que estavam secos, ele pôde ver que a nação de Israel estava morta.

Aqui eu imagino Deus falando com Ezequiel: “Profeta, Eu te trouxe aqui não somente para você ver os mortos. Eu quero que você ande pelo vale, além de andar, vai dando voltas. E quando você estiver dando voltas você observará tudo ao seu redor e não pisará em um osso sequer. Porque mesmo mortos são projetos meus, Ezequiel”.

Assim, eu aprendo que, mesmo o profeta estando vivo, ele está no mesmo lugar de quem morreu. E Deus ordena para que Ele não pise naquele que está morto porque é projeto de Dele. Pois o que tem de profetas querendo pisar naqueles que já morreram só para se dizerem profetas, é “brincadeira”.

Ezequiel então sai do vale com humildade – o profeta, no meio dos mortos, não pisou em ninguém para sobreviver. Cumpriu com o chamado!

Então o senhor perguntou a Ezequiel: “filho do Homem, poderão viver esses ossos?” (Ezequiel 37:3).

E Ezequiel responde: Deus, no vale eu pude perceber duas coisas: 1 – que os ossos são numerosos, ha uma nação morta. 2 – que esses ossos estão mais do que seco, estão sequíssimos e não há sinal de vida; porém, eu dar a minha última palavra? NÃO !! Senhor, só que o sabes

 

Com isso percebemos que durante o vale o profeta é ensinado a ser humilde, pois não dá a ultima palavra e reconhece que os mortos espirituais são numerosos.

 

O senhor então o ordena: “Ezequiel, então profetiza sobre esses ossos!”. Mas notamos que Ezequiel não coloca seu nome na ordem, assim, o mesmo grita: “Ossos Secos, Ouvem a Palavra do Senhor!”

 

Todavia, ossos não escutam. Mas nós tamos ossos que trabalham em nossa audição. Ossos que compões nosso aparelho auditivo que são: martelo, bigorna e estribo (este, mede apenas 0,25 cm); assim, notamos aqui que Deus começa a reestruturação do vale pelo menor e não pelo maior. [Quem se acha o grande, que desça]

 

A ORDEM É DADA

E houve um ruído, enquanto eu profetizava; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, cada osso ao seu osso. Ezequiel 37:7

A Biblia nos diz que cada osso foi juntado a seu osso, ou seja, Deus não faz frankenstein – Deus não coloca a cabeça de um no corpo de outro. Sabe o que isso significa? O que é seu é seu!

 

A Palavra diz que cresceu carne, ou seja força; bem como cresceu pele, identidade. E Deus soprou! Sim, foi o mesmo sopro do Gênesis – O sopro da vida!

 

HÁ UMA REGRA FINAL – PRESERVE A ESTRUTURA!

A carcaça Deus tira e joga fora, mas preserve a estrutura! Pois Ministério não é boa aparência, Ministério é estrutura!

 

Deus te ressuscitará dos mortos espirituais, mas haverá um trabalho maior em seu corpo, a reestruturação da caixa caixa torácica, para que o seu coração não tenha desejos longe do Senhor. E a caixa craniana, para que o diabo não lance setas na sua cabeça e te faça desviar do caminho de Jesus.

 

Mensagem final:

PRESERVEM A ESTRUTURA, NÃO PISEM EM NINGUÉM, POIS SOMOS FADADOS A ESTARMOS NO MESMO LUGAR DAQUELES QUE MORRERAM.

Tags

Kevin Jhon

Kevin Jhon é o criador do projeto IDE, responsável pela parte técnica do site, youtube e aplicativo, juntamente com outros membros. Atualmente cursa faculdade de Direito mas é apaixonado e formado na área de tecnologia. Na igreja, é só mais um jovem no meio da mocidade que anima os amigos para projetos em grupos e buscar a Deus no monte :)
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker